07 reconhecimento profissional
O tão sonhado reconhecimento profissional. Quem nunca trabalhou duro para receber um elogio, um feedback, uma promoção ou aumento? Pois é, essa busca pelo reconhecimento vem de berço, mesmo que fora do ambiente profissional sempre tentamos buscar esse tipo de reconhecimento seja de uma familiar, parceiro de relacionamento, professor ou amigo nós sempre estamos ali prontos para um receber um “UAU, você foi excelente!”.

O problema é que nem sempre esse reconhecimento vem do jeito que a gente queria, no tempo que a gente queria ou da pessoa que a gente queria. Mas e aí? O que fazer nesses casos? Bem, eu sugiro que você pense realmente o quanto você quer ser reconhecido, trace uma estratégia e mãos a obra.



No ambiente profissional nós sempre temos que considerar a cultura da empresa que você está inserido. A empresa que você trabalha tem a cultura do reconhecimento? E o seu setor? E o seu chefe? Dependendo das respostas dessa pergunta o seu caminho vai ser mais árduo ou mais fácil. De qualquer maneira você é quem vai trilhá-lo, então se prepare.

O primeiro passo é pensar pelo que você quer ser reconhecido e de que forma. Você quer ser reconhecido como um funcionário exemplar? Então use alguém de referência. Quem é o funcionário exemplar para você? O que ele tem de bom e de ruim? Se você se espelhar em alguém vai ficar mais fácil de perceber no que precisa melhorar e no que você já está bem desenvolvido.

A segunda dica é usar suas melhores habilidades. Sério, isso é importante demais! Você deve usar todas as suas melhores características e todo mundo tem elas. Quando você ouve coisas do tipo “Você é tão organizado”, “Você se expressa tão bem” ou “Como você consegue lidar com essa pressão?” fique atento, pois esses são feedbacks muito bons sobre seus pontos positivos. É deles que você mais precisa afinal você já é bom nisso né? Então é só potencializar para sair na frente!
Em terceiro lugar, precisamos lapidar nossos pontos fracos. É um passo muito difícil, pois geralmente é para o nosso calcanhar de Aquiles que as pessoas vão apontar mais. Mas não se desespere, vá com calma. Você não tem que ser o melhor no seu ponto fraco, só precisa desenvolvê-lo o suficiente para ele não se sobressair, dessa formar ele vai ser fichinha perto das suas bem exploradas qualidades.

O ultimo ponto é ter paciência. Ser persistente é muito mais importante do que as pessoas pensam. Nós sabemos que muitas vezes da vontade de jogar tudo pro alto e desistir, mas lembre-se que você está cada dia mais perto do sucesso que você quer ter. Então, quando você pensar em desistir faça o seguinte: desiste dessa ideia! Dedique-se ainda mais e o reconhecimento vai vir, mas se você ainda tiver dúvida, pergunte as pessoas próximas de você sobre sua performance. O reconhecimento delas vai ser um termômetro importante para você ter certeza que o sucesso já está ali!